Random Thoughts [3]

"Inconstância, é ao que se resume o presente.
A angustia de não saber o que vai acontecer o desespero de querer ter, a ansiedade de querer ser livre, mas ao mesmo tempo tudo torna-se insignificante, apenas com um sorriso. Ahhh, aquele sorriso que tanto lhe faz bem e lhe deixa contente, mas aí, aí a inconstância ataca novamente e dessa vez ela traz junto um medo. Medo de decepcionar a si, medo de não conseguir o que era tão simples antes. Esse medo não é normal, essa inconstância muito menos.
De altos e baixos, um dia de cada vez e um problema por vez, os dias vão passando, as horas diminuindo. O relógio está cada vez mais acelerado... tic, tac, tic, tac... e junto com ele, acelera o coração; mas não aquela aceleração boa que lhe faz bem e sim aquela estranha, que aperta bem no fundo do ser humano e que traz consigo aquela sensação forte de que as coisas podem vir a dar muito errado. Mas aí, novamente vem aquele sorriso, e as coisas parecem ser fáceis novamente.".



Como já foi me dito: "... não se apague aos problemas, se apegue as coisas simples da vida. Você tem um problema? Então se esforce para lidar com ele. Conseguiu resolvê-lo? Ótimo, parabéns! Não conseguiu resolvê-lo? Bom, pelo menos você sabe que deu o máximo de si. Não se apegue a uma possível derrota, pois com isso ela será inevitável. Você sabe que conseguirá, é só você querer e realmente se esforçar, não desista nunca antes da hora..."

quarta-feira, 20 de junho de 2012 às 20:36

0 Comments to "Random Thoughts [3]"

Postar um comentário